Home            Quem Somos            Serviços            Clientes            Blog            Fale Conosco
  23 de Janeiro às 11h58              0 comentário(s)
Dicas de carreira para ganhar influência na sua empresa!!
Por

Antes de avançarmos, quero esclarecer uma coisa.

Não perca tempo com coisas que você não pode controlar. Concentre-se apenas naquilo que você pode. Qual a primeira e mais importante delas? O seu trabalho.

Antes de fazer qualquer outra coisa, certifique-se de que você está absolutamente arrasando no seu trabalho.
Sem confiança, não há influência. E, para começar, você precisa fazer muito bem o seu trabalho. Agora que já resolvemos essa parte, vamos passar para outras dicas de carreira que você pode aplicar.

1. Alinhe-se com os objetivos da sua empresa
É o seguinte: você quer ser uma boa e não uma má influência. Certo? Sim. Espero que sim..

Saber como ser um influenciador dos bons significa orientar as pessoas na direção certa, o que quer dizer que você precisa entender a fundo os objetivos da empresa e as razões por trás deles.

Se não fizer isso, pode acabar tirando as pessoas do caminho e levando-as para a Floresta Proibida. E então elas podem pensar que você está ou muito confuso, ou tentando sabotar a empresa (que feio!). Nenhuma dessas opções são resultados desejáveis.

2. Aprenda a ouvir — E a escutar ativamente! 👂
Acredite ou não, liderar e saber como gerenciar uma equipe de trabalho não equivale a monopolizar a conversa e falar super alto. Se é isso que você fazer, comece seu próprio podcast. (Afinal, todo mundo tem um)

Não, quando o assunto é ter influência e saber como crescer na carreira — especialmente quando seu cargo não o rotula como líder — você precisa ter bons ouvidos.
Pesquisadores da Universidade de Columbia descobriram que “as tendências auditivas das pessoas estão positivamente relacionadas à influência, além do impacto da expressão verbal”.

Saber ouvir faz com que as pessoas confiem em você, o que significa que elas estarão mais propensas a se abrirem, compartilharem preocupações, ideias e ouvir o que você tem a dizer.

Você não tem certeza se sabe ouvir bem? Vamos rever algumas habilidades chave de escuta ativa:
• Manter contato visual: Não, você não precisa olhar para as pessoas fixamente e sem piscar (o que é assustador, além de um pouco impossível) e sim, seus olhos podem se desviar algumas vezes. Aliás, isso é natural. Só não cochile ou se distraia com tudo o que está acontecendo à sua volta.

• Faça perguntas e peça esclarecimentos: isso mostra que você está se empenhando para entender o que as pessoas estão tentando dizer e por quê. Você disse que não se sentia confortável com a apresentação. Que aspectos não estavam bons para você? O que você gostaria que fosse diferente?

• Não interrompa as pessoas ou complete suas falas: elas vão se sentir pressionadas e você provavelmente estará fazendo só suposições. Além disso, você pode perder informações valiosas se quiser preencher as lacunas por si só.

• Mostre que você está ouvindo: use tanto os sinais não-verbais, como acenar com a cabeça, quanto sinais verbais afirmativos, como “mmhmm”, “sim” e “Ah, sério?”

3. Crie conexões profundas
Esta é uma qualidade da qual me orgulho. Eu me esforço para me conectar em um nível pessoal com quase todas as pessoas que conheço. Com algumas, a conexão é algo simples, como perguntar a respeito daquele artigo sobre tênis que estava na sua mesa. Ela jogava tênis? Com outras, a conexão virou um café semanal no qual falávamos das nossas queixas pessoais e profissionais.

Tenho quase certeza de que essa é a razão pela qual tantas pessoas vieram até mim para perguntar sobre o que estava acontecendo no nosso departamento e porque ninguém da chefia do campus hesitou quando eu fui líder do comitê em que faziam parte.

Quando surgiu a proposta do comitê, eu era relativamente nova no trabalho.
Mas as pessoas confiaram em mim porque eu fui cordial. Em outras palavras, eu era simpática. E embora pareça algo da fase de adolescência, simpatia é importante. Na verdade, um estudo descobriu que as chances de ser um líder eficaz são cerca de 1 em 2000 se a pessoa não é apreciada pelas demais.

E aqui vai a boa notícia: simpatia não significa mudar quem você é.

Afinal, nós não estamos mais no ensino médio. Embora eu prefira tomar café com as pessoas porque eu amo café e amo conversar, uma coisa não precisa estar relacionada à outra.

4. Preencha as lacunas
Coisas boas acontecem quando você sabe ouvir e se esforça para se conectar com as pessoas.Você vai começar a aprender sobre as lacunas e interseções que existem na sua organização. Ambas oferecem a oportunidade para você se destacar e ir além.

Em todas as empresas, mesmo nas grandes, existem lacunas.
Se fossem preenchidas, essas lacunas poderiam trazer mais sucesso e produtividade na empresa. E se tiver as habilidades necessárias, descubra como você pode preencher essas lacunas, mesmo que não seja o “seu trabalho”.

Parte do aprendizado de como ser influente é se destacar—afinal, como você pode influenciar as pessoas se elas nem sabem que você está lá? E uma das principais dicas de carreira para se destacar é ajudar onde é necessário e pensar em soluções para áreas deficientes.

As pessoas podem lhe enxergar como alguém que cria mudanças e que está — aham — alinhada com os objetivos da empresa (parece familiar?) e que tem os melhores interesses da organização em mente. Sua habilidade de influenciar vai disparar.

5. Busque as partes interessadas
Quer você esteja trabalhando em algo da sua job ou preenchendo uma lacuna, você precisa ter as pessoas do seu lado.

Especificamente, as partes interessadas — as pessoas que têm um interesse em seu projeto — não verão apenas valor nele, como também poderão lhe ajudar a alcançar a linha de chegada.

Por exemplo, eu trabalhei em uma força-tarefa contra o uso de álcool na universidade. De forma alguma eu conseguiria, sozinha, impactar positivamente o comportamento de milhares de estudantes. Eu precisei da ajuda de outras pessoas influentes— o diretor médico, o reitor dos estudantes, a equipe da vida universitária e muito mais.

Mapeie seu projeto identificando cada um dos objetivos. Depois, descubra quem em sua empresa precisa estar envolvido ou ciente das atividades.



 ID Consultoria Empresarial
 ©2018 Todos os direitos reservados
 igor.david@idconsultoriaempresarial.com.br
 +55 (85) 99953-6110